Ocorreu um erro neste gadget

quarta-feira, 15 de junho de 2011

Alicerces do amar.

Eu mergulho na pureza do teu olhar, nela já não vejo mais o reflexo do que te está a frente, só consigo enxergar o vermelho do seu coração, e o branco neve da sua alma, eu tenho delírios com momentos como esse, mesmo distante de você eu ainda não paro de enxergar teu coração e o quanto ele bate,  e a cada momento como esse eu tenho mais certeza do meu amor, e a cada segundo que se passa esse amor aumenta,  e te amar a cada dia mais interpreto como um dom e te ter cada dia mais percebo que não sei se estou pronto para isso, mas jamais deixarei minhas incertezas agirem por mim, pois te amar é o que me torna assim ameno e de sublime marfim, e tudo isso só me leva a te amar e te querer mais e a cada palavra que escrevo é mais uma lagrima que rola no meu rosto, e sem força para secá-las continuo a escrever, tentando falar do meu amor, deixando expresso no papel o que por você eu sinto, escrevo sobre tudo que me reveste todos os dias, tudo que me toma, tudo que me da prazer. Tudo,  acho que é dessa palavra que parte o que você significa nos meus pensamentos, nos meus afazeres, nas minhas falas.
Porque eu me baseio em tudo que você me diz, porque eu me conforto em tudo que você faz para mim, porque eu necessito de você todos os dias, porque eu só sossego quando você chega, porque eu só me tranqüilizo com noticias suas.
e de tudo que eu mais sonhei, você foi o que de mais perfeito se realizou, porque tudo que agente vive juntos se eterniza na mais estreita lembrança, no mais cumprido conto de fadas minhas realizações dependem das suas e assim você também me diz, e minhas palavras estão alicerçadas no nosso amor.

terça-feira, 14 de junho de 2011

Soneto de um temor.

Eu pra onde eu iria se você resolvesse partir, ficaria sem habitação não teria mais teu coração.. das palavras que hoje tenho e estou a dividir com você eu me sobrecarregaria e não teria mais com quem compartilha-las.. o meu corpo se esfriaria, na palma de minhas mãos só se observaria o tremor de mãos abandonadas pelo teu corpo repleto de calor. 

Coração inconsistente....

Eu só preciso de tempo, pra que eu me acalme, pra que as palavras fluam sem me acarretar dor, mas eu não encontro essa calma, não encontro esse tempo .. só me encontro a caminhar com o arrependimento, com essas insconsistências apavorantes, que me levam a sofrer, me machucam e me tomam de forma fugaz, levando tudo que me é paz, quero ser forte, mas não sei se realmente sou capaz, de lutar contra isso, contra tudo o que não me satisfaz. Eu não domino a dor, muito menos quero fazê-lo, mas na verdade não quero continuar a viver neste pesadelo, tem sido deprimente a forma com a qual você me feri, com suas frases negativas, que só me levam para baixo, para onde eu me torno alvo, de sua arrogancia, eu só preciso que me estenda a mão e me guie para fora desse labirinto infernal, para que eu possa buscar, algo que não me faça mal. Passei algum tempo, acreditando que tu me farias bem, mas me enganei bruscamente, só tens me feito sentir desprezo de ti, me fazendo com que eu dedique a você todo o meu odio, me tornando alguém ruim, fizeste de mim uma copia sua, o que eu não quiserá jamais ser, a unica coisa que te ofereço são os sinais de arrependimento, que como sicatrizes marcaram todo o meu ser.