Ocorreu um erro neste gadget

terça-feira, 14 de junho de 2011

Soneto de um temor.

Eu pra onde eu iria se você resolvesse partir, ficaria sem habitação não teria mais teu coração.. das palavras que hoje tenho e estou a dividir com você eu me sobrecarregaria e não teria mais com quem compartilha-las.. o meu corpo se esfriaria, na palma de minhas mãos só se observaria o tremor de mãos abandonadas pelo teu corpo repleto de calor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário