Ocorreu um erro neste gadget

sábado, 1 de janeiro de 2011

Nao foi feito pra que faca sentido..

Uma revolta, um amor esquecido, uma dor notória de um clamor nao ouvido, a falta de criatividade de um rapaz perdido, talvez voce nao compreenda meu pensamento, minha maneira de ver, as ruas pelas quais eu ando, talvez nao tenham valor nenhum pra voce, meus sonhos, anseios e segredos jamais deixarei voce saber, me comprometem, me deixam vuneráveis a voce.. Nao me interprete errado, estar em tuas maos nao é atraso, mas deixar que me controles seria um pecado, farias tudo que quiseres comigo, tu tens vontade de vigar-te pelas lagrimas que a fiz derramar por mim, pelas esperas que a fiz passar, e com tudo isso sempre as maos voce se dispoem a me dar, colocou sempre aposto teus ouvidos para os meus desabafos, declamou a mim as mais lindas juras de teus sentimentos por mim, fizeste de mim um principe, enquanto papel de plebeu eu fazia, tenho todos e mais alguns motivos pra te render homenagens, mas nao as faco, por grande ironia e apesar de todo meu reconhecimento, como dizia minha velha e querida mae, " tu fazes de mim, gato e sapato". e mesmo com isso te respeito, segundo teus atos, a unica saida pra toda essa insensatez é que Deus te fez pra cuidar de mim, em meio a loucura do que é a minha vida, e que o amor que tu me rendes, seja da mais pura criacao do que ele nos ensinou sobre o que é amar.
                        aquele amor que voce rende, sem esperar a reciprocidade do outro, é o amor que futuramente te renderá as alegrias, aquelas de que hoje voce sente falta.


( texto criado, para os insensatos, feito pra que nao tenha sentido, escrito no dia 01/01/2011, por Carlos Henrique)

Um comentário:

  1. MAIS UMA VEZ REPETINDO, MEU OLHO LACRIMEJOU AGORA! *-* Seus textos são feitos realmente para me ajudar, tudo o que você escreveu e simplesmente tudo pela qual eu estou passando, tudo o que eu necessitava ouvir agora chegou para mim como um "auto-ajuda" em meio de cartas e palavras. Te agradeço mesmo que não seja preciso.

    ResponderExcluir